Através dos anos, entendemos que a vida missionária é um constante deixar, é chegar já planejando uma saída e sempre antecipando um “adeus”. Aprendemos a não segurar nada com muita força, contudo a separação de amigos e irmãos os quais aprendemos a amar ainda traz consigo grandes implicações emocionais. Embora esteja pronto para um recomeço e aberto a novos compromissos, creio não estar pronto para a despedida.
Quando penso em “despedida”, logo me vem à mente o último discurso proferido por Paulo aos presbíteros de Éfeso (At 20.17-38). Por ser um discurso de despedida, é carregado de emoção, de demonstrações públicas de afeto, cheio de conselhos ternos nos quais Paulo expressa como nunca seu coração pastoral. O texto é rico em informações, contudo, há um versículo que me chama a atenção: “Agora, pois, encomendo-vos ao Senhor e à palavra de sua graça, que tem poder para vos edificar e dar herança entre todos os que são santificados” (v. 32).
Paulo está saindo de cena, sabe que seu tempo havia chegado ao fim e que sua partida era necessária e assegurada pelo Espírito. Tem a consciência tranquila diante de Deus, já que teve um comportamento servil cujas principais características são a humildade e a consagração a Deus.
Durante mais de dois anos entre eles, Paulo havia manifestado uma obediência completa ainda que sob o risco de morte, e agora, terminando seus dias ali, entrega-os aos cuidados do Senhor, que tem poder para dar a eles crescimento espiritual e uma herança incorruptível.
Eu e minha esposa, a missionária Priscila Godoi, estamos saindo de Arica, no Chile, com o sentimento de que ainda há muito a fazer em termos de evangelização e discipulado. Contudo, cremos que Deus, o supremo pastor e dono das ovelhas, delas cuidará e lhes dará o crescimento necessário e, por fim, a vida eterna.
Por um breve tempo, o Senhor nos confiou e nos ocupamos em nutri-las tanto publicamente quanto pessoalmente. Por isso, cremos que, com as ferramentas adquiridas, tenham elas mesmas, em Cristo, condições necessárias para levar o ministério que o Senhor lhes confiou e, assim, cumprirem sua vocação.
Louvamos a Deus por Lucy, Miguel, Jahel, Elias, Mariela, Acsa, Elba, Elias, Rufos, Nathy, Silvana, Carlos, Saul, Daniel, Marcelo, Estevan, Cabele, Margareth e tantos outros que fizeram parte de nossas vidas e nos permitiram ser instrumentos de graça a fim de edificar suas vidas.
Ore pelos amigos e irmãos que deixaremos. Eles necessitam do Senhor e da Sua graça a fim de continuem com ânimo. Interceda também por um grande avivamento no Chile. O agnosticismo cresce no país, e um cristianismo por demais institucionalizado e fragmentado dificulta o avanço do Evangelho. Pequenas igrejas lutam para “sobreviver”, e há falta de pastores e missionários locais.
Estamos vivendo nossos últimos dias no deserto do Atacama e já nos preparando para dar início ao nosso período de promoção missionária no Brasil. Durante aproximadamente três meses, estaremos visitando igrejas e amigos e também nos preparando para uma mudança de campo, provavelmente Cuba.
A igreja de Cuba está vivendo dias de avivamento sem precedentes. Louve a Deus pelo grande avivamento que tem permeado o país e pelo crescimento explosivo das igrejas domésticas. Ore para que esta expansão continue.
A igreja cubana está respirando ares de maior liberdade. Louve a Deus pelo abrandamento significativo das restrições e peça para que esta tendência continue. Ore para que esse relacionamento melhore cada vez mais.
Assim iniciamos mais um ano, e com ele vêm grandes mudanças e novos desafios. O desconhecido pode trazer receio e medo, mas devemos confiar que todas as coisas estão debaixo do governo de Deus. Para Ele, não há sorte nem casualidade, pois Ele mesmo faz com que todas as coisas caminhem segundo o conselho de Sua vontade e estejam ao serviço da revelação de Seus atributos. Sigamos juntos nesta confiança!

Claudinei Godoi
missionário em Cuba
Conheça mais sobre a Junta de Missões Mundiais clique aqui

2 Comments

  1. Alex Cidade

    Pastor Claudinei, que artigo maravilhoso. Eu tenho 22 anos, e meu sonho é ser missionário. Atualmente, curso o último ano de Relações Internacionais na faculdade, e gostaria de lhe perguntar, o que preciso fazer para alcançar esse objetivo?
    Como preparo ou a que organização missionária posso me juntar para conseguir isso?

    • Olá Alex. Nós da equipe do Radar Missionário ficamos felizes por ter gostado do conteúdo. Buscaremos as respostas para seus questionamentos e em breve entraremos em contato, através do seu e-mail. Fique na paz de Cristo.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.