“Com muita alegria partilhamos que o Projeto Fronteiras concluiu as pesquisas sobre as comunidades tradicionais no estado do Amazonas. Foram três anos, 25.000 km, de viagens e 16 pessoas envolvidas diretamente. O resultado está no site www.projetofronteiras.com.br.

ft_que_fazemos

Apenas no estado do Amazonas há 7.500 comunidades tradicionais, das quais 6.000 não têm presença de uma igreja evangélica ou de missionários. Os rios Juruá, Purus e Uaupés estão entre as regiões com menor presença evangélica. Dos cerca de mil obreiros atuando em comunidades tradicionais, cerca de 80% carece de acompanhamento pastoral e capacitação. Se a mesma realidade for projetada para toda a Amazônia legal, estimamos 12.000 comunidades sem presença de uma igreja evangélica, totalizando mais de um milhão de pessoas. Louvamos a Deus pelos diversos parceiros que apoiaram esta iniciativa! Há ainda muito a fazer.”

Ronaldo & Rossana Lidório

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.