O exército iraquiano diz que libertou totalmente os territórios que estavam sob o controle de gangues terroristas do Estado Islâmico (EI). “Nossas forças armadas garantiram que todo o comprimento da fronteira entre o Iraque e a Síria estão livres”, disse o primeiro-ministro Haider Al-Abadi em sua conta no Twitter.

“Nós derrotamos os Daesh através da nossa unidade e sacrifício pela nação”, ressaltou. O grupo extremista assumiu o controle de grandes territórios na Síria e no Iraque. De acordo com a CNN, o grupo controlou mais de 34 mil quilômetros quadrados de área da costa mediterrânea para o sul de Bagdá.

Nos últimos meses, soldados iraquianos trabalharam para recuperar esses territórios. Em novembro, a última cidade sob controle ISIS foi recuperada. A campanha levou mais de três anos e incluiu cerca de 25 mil ataques aéreos da coalizão.

“Queridos iraquianos, sua terra foi completamente libertada, e suas cidades e aldeias foram devolvidas à pátria”, disse o primeiro ministro em um discurso televisionado neste fim de semana. “O sonho da libertação tornou-se uma realidade”, ressaltou.

“O sonho do Estado Islâmico chegou ao fim. Devemos remover todos os seus efeitos e não permitir que o terrorismo volte novamente”,acrescentou. Os especialistas estimam que o EI deslocou mais de 3,2 milhões de pessoas.

“Nosso povo pagou um alto preço por essa segurança e estabilidade. O sangue de seus melhores jovens, homens e mulheres”, disse Al-Abadi. “Milhões de famílias sofreram as dificuldades de deslocamento”.

 

Fonte: Portal Guia-me

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.