Membros da Igreja Evangélica Fonte D´Água Viva, no Alto da Subestação, em Ipiaú (BA), liderada pelo Bispo Marcos Pimentel, iniciaram uma campanha nas redes sociais em busca de ajuda para a família da missionária Rúbia Santos, que reside, desde 2003, em Chade, na Àfrica. A filha da missionária, que têm 04 anos de idade, está com tuberculose, por isso a missionária e o seu esposo, natural do Sudão, juntamente com sua filha precisam retornar ao Brasil, com urgência, para o tratamento da menina, já que na cidade que residem, a saúde pública não oferece tratamentos adequados para a doença.

“A situação de Dara (filha) é estável. O problema é que terminou o tratamento que o médico passou para esse tempo, e ele disse que não vai passar mais nada, que ela tem que ir para o Brasil. Agora no momento ela está bem, o tratamento que durou 10 dias e terminou, tomando antibióticos fortíssimos. Como não tem mais medicamentos, a qualquer momento a febre alta e a tosse poderão voltar, que é o que nos atormenta”, explicou a missionária.

Para retornar para Ipiaú, a missionária Rúbia, seu esposo Safwat Haroun e as duas crianças, seriam necessários mais de R$40 mil. O alto custo no valor das passagens se dá devido a alta do dólar e o momento que vive o país.

Rúbia saiu de Ipiaú com destino à África com a finalidade de pregar o evangelho cristão. Em 2014 o país estava em guerra, e ainda se recupera dos prejuízos causados. Em Chade, com certa frequência ocorre violência política, golpes de estado e perseguição religiosa. Atualmente, Chade é um dos países mais pobres e com maior índice de corrupção no mundo. A maioria de sua população vive abaixo da linha de pobreza.

Quem deseja ajudar a família missionária pode depositar na contado banco:

Banco do Brasil
Ag: 0357-3
C/c: 29623-6

Titular da conta: Safwat Haroun

Esposo da Rubia Souza, a missionária.

 

Fonte e foto: Jornal Giro de Ipiaú

 

2 Comments

  1. Renato Pitondo

    Pessoal,

    Eu conheço o casal e eles são muito sérios no que fazem!!! Tendo uma vida de integridade, oração buscando sempre fazer a vontade do Senhor.

    Ainda nessa semana falarei com os meus amigos e famílias para contribuirmos. Por favor façam o mesmo!

    Abraço,

    • Redação Radar

      Irmão Renato, obrigada por compartilhar esse testemunho.
      Juntos podemos fazer muito mais :)

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.