Qual foi o jovem que nunca teve dúvida em relação a sua vocacão profissional? Imagina aquele que tem no coração de ser um missionário? Quantas dúvidas e resistência da família esse jovem pode sofrer.

Para ajudar aos jovens nessa escolha é que foi criado o Vocare.No site do evento o convite é feito da seguinte forma. “Se você sempre quis participar de um encontro especialmente de jovens, dispostos a buscar e, principalmente, obedecer a real vocação que Deus deu a cada um, você precisa ir ao Vocare”.

O Vocare é o primeiro congresso de missões para jovens no Brasil. E aborda temas como vocação, chamado, responsabilidade missionária, além de momentos de louvor, adoração, bate-papos e comunhão.

Rodrigo Gomes, coordenador do Vocare concedeu uma entrevista para o Radar Missionário falando sobre o assunto.

 

  • Os jovens quando estão prestes a terminar os estudos básicos se preocupam sobre a escolha da profissão que vai seguir. Em relação aos missionários, como funciona a escolha dos jovens em relação a missões?

Normalmente acontece no mesmo período. Quando eles terminam o Ensino Médio e estão no momento entre decidir, fazer faculdade ou seminário. Existem aqueles que vão entender o seu chamado um pouco mais tarde, já terão feito faculdade ou seminário, mas temos percebido um número cada vez maior de jovens que começam a entender o papel no Reino de Deus no fim da adolescência. Uma grande surpresa que tivemos no VOCARE foi justamente com relação a isso. Fizemos um evento pensando em despertar uma geração, dos 16-26 anos de idade, para a missão de Deus e descobrimos que essa turma já está despertada. Já entende que Deus tem um propósito na vida deles, eles só não sabem como exercer essa vocação. Precisam de direção, de passos práticos nessa direção. Outra grande mudança que temos visto é com relação ao próximo passo. No passado, quando um jovem despertava para a missão de Deus, a orientação dada a ele era fazer o seminário ao invés da faculdade. Hoje, não. O perfil do missionário do século 21 é um missionário que tem uma formação profissional. Os povos não alcançados que restaram, segundo Ronaldo Lidório, são os mais distantes e os mais resistentes. Precisam de pessoas com competências específicas para desenvolverem um ministério específico. Hoje o jovem é orientado a fazer a faculdade e logo em seguida o preparo teológico/missiológico.

  • Qual é o papel e a importância do Vocare na vida dos jovens cristãos?

O VOCARE como movimento quer auxiliar esses jovens na caminhada da sua vocação. Queremos andar com eles, ouvi-los, ajudá-los, orientá-los nesse processo. O VOCARE também quer oferecer oportunidades e ferramentas para que eles possam desenvolver seus dons e talentos no Reino de Deus. Como o VOCARE é um departamento da AMTB temos 56 agências missionárias cheias de projetos e oportunidades para cada um deles se envolverem. Desde treinamentos, viagens de curto prazo, artigos, ferramentas tecnológicas e oportunidades de serviço.

  • Qual é a proposta do evento?

A missão do VOCARE é mobilizar e conectar adolescentes e jovens cristãos na missão de Deus. Através da internet, redes sociais e eventos, queremos despertar os jovens para a sua vocação em Cristo. Não só despertá-los, mas ajudá-los nas muitas opções que Cristo oferece para o nosso envolvimento pessoal na missão Dele. Queremos ver uma juventude assumindo os desafios concretos da missão de Deus. Vemos o VOCARE como um movimento de despertamento vocacional para essa geração, mas não só de despertamento, mas também de ação. De engajamento. De empoderamento.

  • Quantos jovens passam a cada ano pelo encontro?

O evento VOCARE aconteceu pela primeira vez, em abril de 2015. Estiveram presentes mais de 700 jovens. A nossa previsão para o evento de 2016 é que tenhamos mais de 1.200 jovens. Nosso alvo é que além dos participantes dos eventos, a gente tenha jovens nos acompanhando nas redes sociais e no site. É por esses meios que queremos atingir o maior número de adolescentes e jovens cristãos.

  • Tem uma porcentagem ou números de quantos jovens se decidem por missões após o Vocare?

Não temos como prever essas decisões fora do evento. Após o evento ficamos sabendo de várias iniciativas que foram criadas a partir do evento e por causa dele, mas isso tem tomado proporções que fogem do nosso controle, por isso é movimento. Porém, no evento, numa preleção do Ronaldo Lidório, tivemos mais de 100 jovens tomando a decisão para a obra missionária transcultural. Num cenário de 700 jovens, você ter mais de 100 tomando essa decisão é algo extraordinário. Isso nos inspira e nos motiva.

  • Pode deixar uma mensagem aos jovens?

Vou repetir uma frase de uma amiga e grande missionária que tenho tido o privilégio de conviver no VOCARE. O nome dela é Analzira Nascimento. A frase é a seguinte: NÃO QUEIRA FICAR DE FORA DAQUILO QUE DEUS ESTÁ FAZENDO NO MUNDO. Se você quiser saber mais sobre isso, te esperamos no VOCARE 2016.

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.