Seguindo no especial Semana da Bíblia, em relação a comemoração do Dia da Bíblia que é comemorado todos os anos nos segundos domingos do mês de Dezembro, hoje vamos apresentar alguns dados curiosos sobre a Palavra de Deus.

O livro sagrado para os cristãos de todo o mundo, está disponível em 2.935 idiomas, falados por 6,039 bilhões de pessoas. Apenas em 2015, foram feitas traduções (durante a semana daremos destaques para esse assunto) para 50 idiomas, falados por quase 160 milhões de pessoas, com auxílio das Sociedades Bíblicas Unidas (SBU).

Segundo o Relatório de Traduções de 2015, 11 comunidades ao redor do mundo agora têm a sua primeira Bíblia na íntegra, seis receberam o Novo Testamento e outras 11 a sua primeira porção da Bíblia.

Por outro lado, ainda existem 497 milhões de pessoas que não contam com nenhuma parte da Bíblia traduzida para seu idioma, além dos 281 milhões que contam apenas com partes da Bíblia traduzidas para o idioma nativo.

O compromisso de revisar traduções existentes e fornecer novas versões resultou em 20 novas traduções e revisões feitas em 2015, além de duas edições de estudo com o potencial de alcançar mais de 127 milhões de pessoas.

Paralelamente, crescem também as traduções da Bíblia para línguas de sinais e em Braile. Estima-se que mais de 300 milhões de pessoas, em todo o mundo, tenham deficiência auditiva e 70 milhões delas utilizam a língua de sinais para se comunicar.

Há mais de 400 línguas de sinais únicas, porém o Novo Testamento está disponível somente na Língua de Sinais Americana. Entre as produções de 2015 em línguas de sinais, destacam-se as do Brasil, com 15 novas histórias bíblicas; Sri Lanka, com seleções do livro Atos; México, que concluiu os livros de Lucas e Atos; e a equipe ViBi, no Japão, que terminou os livros Êxodo, Tito e Efésios.

Cada vez mais

No ano de 2015, equipes de missionários ligados às Sociedades Bíblicas Unidas terminaram a tradução da Bíblia para 50 idiomas diferentes. A notícia veiculada pelo Breaking Christian News mostra que essas línguas são faladas por cerca de 160 milhões de pessoas. Ao mesmo tempo que terminaram o trabalho das novas traduções, 11 povos receberam a primeira Bíblia completa em sua língua e seis receberam o Novo Testamento.

No final do ano passado, a Bíblia completa estava disponível em 563 línguas, que são faladas por um total de 5,1 bilhão de pessoas. Estima-se que existam 281 milhões de pessoas com acesso a apenas algumas partes da Bíblia e cerca de 500 milhões ainda não possuem uma tradução das Escrituras em suas línguas nativas.

Para efeitos de comparação, existem mais de 400 línguas de sinais no mundo, usados pelos surdos para se comunicar. Contudo, o Novo Testamento está disponível apenas para a língua de sinais faladas nos Estados Unidos. Existem equipes ligadas às Sociedades Bíblicas traduzindo porções da Bíblia em outras línguas de sinais, inclusive no Brasil.

Há um esforço para ampliar a disponibilidade da Bíblia em Braille. No México, o trabalho está perto da conclusão. No Sri Lanka e na Holanda foi terminado, totalizando 45 línguas disponíveis.

O relatório completo das Sociedades Bíblicas Unidas pode ser lido aqui (em inglês).

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.