Na última sexta-feira terminou a 8ª edição do CBM 2017, que o Radar Missionário esteve presente cobrindo jornalisticamente. Num evento de tamanha dimensão, onde os maiores nomes da missão transcultural do Brasil e do mundo estiveram presentes debatendo dezenas de abordagem diferentes sobre o tema, não tem como publicar tudo em apenas uma semana. Por isso, para você que acompanha o nosso portal, que tem como objetivo realizar um elo entre missões e igreja, durante os meses de novembro e dezembro iremos publicar matérias e entrevistas contando cada detalhe do que vem acontecendo no mundo missionário. Desejamos lhe informar, contudo também, lhe incentivar a integrar de alguma forma, e te garanto são muitas as formas, ao mundo missionário.

O CBM 2017 recebeu mais de 1500 pessoas entre os dias 23 a 27 de outubro, em Águas de Lindoia (SP). Missionários, missólogos e representantes de agências missionárias debateram sobre missão transcultural, como por exemplos: Ronaldo Lidório, Hernandes Dias Lopes, Ricardo Agreste, Marcos Agripino, Michael Goheen, entre dezenas de outros. Palestras, seminários, debates, testemunhos, oficinas e até troca na presidência da Associação de Missões Transculturais Brasileira (AMTB) entidade que realiza o evento, aconteceu durante o evento.

Em uma assembleia realizada na manhã da quarta-feira (25/10), os associados elegeram a nova diretoria da AMTB, que estará à frente nos próximos três anos. Cassiano Luz, que exerceu um mandato na presidência, deu lugar ao Paulo Feniman, diretor da Missão para o interior da África (Miaf) e passou a ser o 1º Vice, já o cargo de 2º Vice-presidência ficou para Luís Maia, missionário da Missão em Apoio à Igreja Sofredora (MAIS).

nova-diretoria-amtbNova Diretoria

Entre as matérias que você irá conferir aqui no Radar nos próximos meses, está uma entrevista exclusiva com o reverendo Marcos Agripino, da diretoria da Agência Presbiteriana de Missões Transculturais (APMT). O testemunho do missionário Dagnaldo Pinheiro Gomes, brasileiro que virou destaque em toda a mídia ao ser detido no Cairo, capital do Egito, com Bíblias e folhetos evangelísticos, acusado de promover atividades religiosas e depois deportado ao Brasil. A história de uma das fundadoras do Ministério Cristolândia e muito mais.

 

 

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.