É bastante comum que os jovens das igrejas evangélicas prefiram se retirar da confusão das grandes cidades que recebem o Carnaval. Todos sabemos que durante a festa profana da carne, tudo vale, tudo pode. Mas, se pensamos que viemos a este mundo para falar do amor de Cristo e o mandamento bíblico nos ensina que devemos pregar o evangelho a toda criatura, esse não seria um perfeito momento de evangelização?

Esse tipo de ação pode até ser criticado por muitos, mas não tem como negar que as pessoas que estão “pulando” o Carnaval precisa ouvir a Palavra de Deus. Diversas igrejas em todo o Brasil trocam os retiros espirituais para estar nas ruas e evangelizar. As estratégias são diferenciadas, algumas montam blocos e no meio da batucada aproveitam para levar a Palavra. Já outras, utilizam o tradicional evangelismo entregando folheto, convidando para oração etc.

Seja qual for a fórmula escolhida, ninguém pode negar que evangelizar é sempre um bom negócio. A Organização Judeus por Jesus, por exemplo realiza desde 2003 evangelismo neste período. É uma estratégia orquestrada nos mínimos detalhes, desde a equipe que vai para rua até as internas, que ficam na cozinha, preparam as bolsas com folhetos, limpam a base etc.

Sérgio Danon, diretor executivo do Judeus por Jesus, conta que a turma que vai para as ruas é distribuído em pequenos grupos, para ir aos principais locais da festa, seja o Sambódromo ou os bailes de Carnaval da Zona Sul do Rio. O horário do evangelismo varia, mas normalmente a saída acontece das 3h da tarde até as 4h da manhã. Questionado pelo resultados desse trabalho, Sérgio explica que é complicado dar dados específicos em relação a conversões. “Os contatos que recebemos durante o Carnaval, e que não são judeus nem cristãos, repassamos para igrejas sérias, que conhecemos e que apoiam o nosso trabalho. Muitas vezes não temos conhecimento do que ocorreu depois, mas por exemplo, ano passado um dos pastores que apoia o nosso trabalho me convidou para falar em um café da manhã para pastores de sua denominação. Quando foi me apresentar, disse que admirava o nosso trabalho, e que somente na igreja dele havia cinco membros que foram alcançados pelo nosso trabalho de Carnaval. Fiquei surpreso por ele nunca ter me relatado, e posteriormente inclusive comentou que desses cinco, um dos casais já é até missionário”, disse o diretor. Quanto a participar do evangelismo neste ano, não será possível devido à falta de tempo, pois é preciso passar pela seleção e treinamento. Mas caso as pessoas queiram participar ano que vem, ou mesmo serem voluntárias de outros projetos ao longo do ano, basta acessar o site da organização www.judeusporjesus.org, se inscrever e conhecer outros projetos.

 

A Igreja Bola de Neve em Santos, litoral Paulista, realiza todos os anos o Evangelismo de Carnaval. Tornou-se até oficial, pois o evento foi incluído no calendário da cidade por meio da lei municipal nº 2977 de 18 de março de 2014. A saída será entre o canal 2 e 6, pela areia da praia a partir das 12 horas, no dia 14 de Fevereiro. Sempre após o evangelismo, na volta da peregrinação acontecem apresentações de músicos cristãos que vão do final da tarde e avançam a noite para celebrar o amor e a verdade que é Jesus Cristo.

Para incrementar o evento esse ano já estão confirmadas as presenças de Livres para adorar, Clamor pelas Nações, Duane, Santa Geração, Reobote Zion e bandas da região.

O Evangelismo de Carnaval da Bola de Neve não é exclusivo para membros da igreja. Evangélicos de outas denominações podem se juntar ao exército ressurreto no dia 14 de fevereiro de 2015. Quem desejar participar basta adquirir as vestes de louvor, solicitando por email: contato@evangelismo2015.org

Contudo, para quem vai participar os organizadores deixa algumas dicas:
• Preserve ao máximo sua camiseta, mantendo o padrão da vestimenta.

  • Use sandália ou chinelo (areia estará muito quente).
  • Use protetor solar.
  • Hidrate-se bem.
  • Traga as crianças com identificação (pulseira ou crachá).
  • Fique tranquilo: haverá estrutura de banheiros e segurança.
  • Haverá tenda para se proteger do sol.
  • A cantina estará preparada para atender com almoço, lanches, açaí e muito mais.
  • Pegue seus panfletos de evangelismo, distribuídos na hora.

Em Belo Horizonte a Igreja da Lagoinha famosa por organização de eventos não deixa o Carnaval de fora. Para eles o Carnaval é uma das manifestações culturais mais esperadas no Brasil. E na capital mineira, a festa tem passado por um processo de resgate desde 2012, com investimento em infraestrutura, participação popular nos blocos de rua, nos shows de qualidade, nas escolas e blocos. Por tudo isso, a direção da Igreja entende que existe uma grande batalha espiritual sendo travada nestes dias.

Certos da necessidade de cobertura espiritual que o ministério “Inconformados”, da Mocidade da Igreja Batista da Lagoinha, acredita nessa oportunidade e apresentará o bloco evangelístico cristão e interdenominacional, “Jesus top da alegria”, cujo propósito é atuar especificamente no Carnaval de Belo Horizonte fazendo a diferença.

A preparação do bloco tem sido debaixo de muita oração e várias reuniões. Além disso, estão sendo oferecidos treinamentos de evangelismo no Espaço Inconformados (Rua Ipê, 234, São Cristóvão). Segundo Tiago Guedes, líder do ministério “Inconformados”, a maior dificuldade para o sucesso do bloco está no envolvimento das igrejas, de pessoas preparadas e dispostas, como o irmão Jorginho, que já foi um dos maiores carnavalescos de Belo Horizonte, hoje membro da Lagoinha e responsável pelo samba-enredo do “Jesus top da alegria”.

O desafio não está somente na formação e estrutura do bloco, mas também, no trabalho de rua, na intercessão, na consolidação. É preciso sair da nossa zona de conforto e agir como o corpo de Cristo, capaz de alcançar, com criatividade e muita alegria, os que estão necessitados, onde eles estiverem.

Os evangelismos acontecerão, neste ano, através do trio elétrico “Jesus top da alegria” e haverá apresentações de teatro, malabares, dança, flash mob e bateria. Todos podem participar:

Para mais informações ou contribuição financeira para o evento, ligue para: (31) 9260-1506 (Tiago Guedes) / 7313-9852 (Ludmila Silva) / 8526-6915 (Gustavo Alves). Pr. Eduardo Queiroz

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.