Foi compreendendo o desafio de orientar os pais missionários em relação a criação dos filhos que o Cuidado Integral do Missionário (CIM) montou o Philhos que é voltado para o cuidado específico de filhos de missionários. O CIM é o braço da Associação de Missões Transculturais Brasileiras (AMTB) e tem como objetivo promover apoio, orientação, treinamento e o desenvolvimento de recursos nas seguintes áreas: formação acadêmica, manutenção do português, como a língua de herança, preparo pré-campo, adaptação no campo, manutenção da cultura brasileira, capacitação de lidar com as perdas, tempo de Licença para Atualização e Renovo (LAR) da família na pátria, reentrada definitiva, saúde física emocional e espiritual, vida social e assistência aos pais.

Hoje se reconhece que, ao enviar famílias para o campo transcultural, é de suma importância que haja um preparo e acompanhamento por parte da igreja e da agência com respeito a todos os membros da família, isso significa casal e filhos. Este cuidado deve começar no início da carreira missionária dos pais e continuar até a vida adulta dos filhos de missionários (FM).

Por quê tanto cuidado? 

A família missionária passa por grandes mudanças geográficas e culturais, muitas vezes, em lugares isolados, longe dos familiares e sem os meios de suporte tão comuns encontrados no país de origem. Os desafios enfrentados no campo requerem uma boa preparação, orientação e bons recursos, para que a família continue o ministério no exterior de forma saudável e equilibrada. Famílias saem para o campo com o coração desejoso em alcançar o mundo para Cristo e não querem e não podem perder os próprios filhos pelo caminho. É preciso ser proativo na busca de ferramentas necessárias na jornada e da orientação às famílias missionárias e os próprios FMs.

Conheça mais sobre a Philhos, clique aqui

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.